Ansioliticos



Buspanil

Posologia

Como usar Buspanil?

A dose inicial recomendada é de 15 miligramas diários (5 mg, três vezes ao dia). Para se atingir uma ótima resposta terapêutica, a cada 2 ou 3 dias a dosagem poderá ser aumentada em 5 miligramas por dia, se necessário. A dose máxima diária não deverá exceder a 60 miligramas Uma ótima resposta terapêutica é obtida, para a maioria dos pacientes, incluindo os idosos, por pequenos aumentos na dosagem até uma dose total diária de 20 a 30 miligramas divididas em 2 ou 3 tomadas.

para maior comodidade dos pacientes, BUSPANIL de 10 miligramas é apresentado em comprimidos sulcados, que permitem, quando do reajuste posológico, repartí-lo ao meio.

É recomendado que o tratamento seja prescrito por, no mínimo 3 a 4 semanas.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Sinais e sintomas A dose máxima tolerada de BUSPANIL em voluntários normais foi de 375 mg/dia. quando se aproxima dos níveis máximos, os sintomas mais comumente observados são: náusea, vômito, tontura, sonolência, miose e distúrbios gástricos. Nenhum óbito foi registrado tendo como cauxa única uma superdosagem (deliberada ou acidental) com BUSPANIL. Estudos toxicológicos conduzidos com BUSPANIL resultaram nas seguintes DL 50: camundongos, 655 mg/kg; ratos, 196 mg/kg; cachorros, 586 mg/kg; e macacos, 356 mg/kg. Estas dosagens são centenas de vezes a dose diária recomendada para seres humanos.

Venda

Venda sob prescrição médica - só pode ser vendido com retenção da receita

Introdução

Apresentação/composição Buspanil 5 miligramas e 10 miligramas é apresentado em caixas com 20 comprimidos.

Cada comprimido de buspanil 5 miligramas e 10 miligramas contém 5 miligramas e 10 miligramas de cloridrato de buspirona, respectivamente.

Estabilidade

Conservar em temperatura ambiente. proteger de temperaturas superiores a 40ºc, da luz e umidade.

Uso Abusivo e Dependência

BUSPANIL não tem demonstrado potencial para abuso e dependência à droga nos estudos realizados em animais e humanos.

Dependência

Após administração crônica em ratos, a suspensão repentina de BUSPANIL não provocou perda de peso, comumente observada com substâncias que causam dependência física.

Embora estudos tenham demonstrado que BUSPANIL não causa dependência física ou comportamento de procura à droga, é difícil predizer, baseado em experimentos, a extensão na qual uma droga ativa no SNC poderá ser erroneamente usada, ter sua finalidade desviada e/ou ser de uso abusivo uma vez comercializada. Portanto, os médicos deverão avaliar cuidadosamente os pacientes quanto à história de abuso a drogas e acompanhá-los de perto, observando sinais de uso errôneo ou abusivo de BUSPANIL (por ex., desenvolvimento de tolerância, aumento da dose, comportamento de procura à droga).

Tratamento Recomendado Em Caso de Superdosagem

Medidas gerais sintomáticas e de suporte deverão ser utilizadas, junto com uma imediata lavagem gástrica. A respiração, o pulso e a pressão sanguínea deverão ser monitorizados em todos os casos de superdosagem com medicamentos. Não se conhece nenhum antídoto específico para BUSPANIL. A buspirona não é removida por hemodiálise; o metabólito 1-PP é parcialmente removido por hemodiálise.

Laboratório

Novartis Biociências S.A.