Antimicoticos Ginecologicos



Gino Loprox

Indicação

Para quê serve Gino Loprox?

Antimicótico tópico para uso ginecológico.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

GINO-LOPROX não deve ser aplicado em casos de hipersensibilidade conhecida aos componentes da fórmula nem na região ocular.

Posologia

Como usar Gino Loprox?

Gino-loprox creme vaginal é administrado por meio de aplicador intravaginal (cada aplicador cheio contém 5 g), antes de deitar, durante 6 dias consecutivos. se necessário, prolongar o tratamento por mais 6 dias consecutivos ou a critério médico.

Para encher o aplicador, adapte-o à boca da bisnaga com o êmbolo abaixado e comprima a bisnaga até encher o aplicador.

Introduzir totalmente o aplicador cheio na vagina e empurrar o êmbolo.

Após o uso, descarte o aplicador usado.

Se o paciente não mostrar melhora clínica após o tratamento, o diagnóstico deve ser redeterminado.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

GINO-LOPROX geralmente é bem tolerado, porém, como os demais agentes fungicidas, podem raramente ocorrer no local da aplicação reações, tais como: irritação, vermelhidão, dor, queimação e coceira.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Se ocorrer reação indicando sensibilidade ou irritação química com o uso de GINO-LOPROX, o tratamento deve ser descontinuado e a terapia apropriada instituída.

uso na gravidez:

Não existem estudos adequados e bem controlados em mulheres grávidas, logo, o uso desta droga durante a gravidez só deverá ser feito se claramente necessário.

uso durante o período da AMAMENTAÇÃO:

Não se sabe se esta droga é excretada no leite humano. Devido ao fato de muitas drogas serem excretadas no leite humano, deve-se ter cautela quando ciclopirox olamina for usada em mães amamentando.

uso pediátrico:

A segurança e a eficácia em crianças abaixo de 10 anos de idade não foi estabelecida.

Composição

Cada g contém:

Ciclopirox olamina: 10 miligramas Excipiente q.s.p.: 1 g (álcool benzílico, 2-octildodecanol, parafina líquida, álcool estearílico, álcool cetílico, álcool miristílico, polissorbato 60, monoestearato de sorbitan, ácido lático, água purificada)

Interações Medicamentosas

Não são conhecidas.

Laboratório

Hoechst Marion Roussel