Antimicoticos Ginecologicos



Gyno Mycel

Indicação

Para quê serve Gyno Mycel?

Micoses vulvovaginais e perianais produzidas por candida e outras leveduras e fungos levuliformes, balanite micotica e nas infecções mistas por bactérias gram-positivas.

Contraindicações

Quando não devo usar este medicamento?

Hipersensibilidade ao isoconazol.

Posologia

Como usar Gyno Mycel?

Vaginites micoticas: introduzir uma dose diária (5 g) com aplicador, profundamente na vagina, durante 7 dias consecutivos, preferivelmente ao deitar-se; vulvovaginites micoticas: o mesmo esquema anterior, juntamente com 2 aplicações diárias de creme na genitalia externa, durante 7 dias; balanites micoticas (por candida) e para evitar reinfecção: aplicar sobre a glande e face interna do prepucio, 2 vezes ao dia durante 7 dias.

Composição

Creme vaginal 1%: cada g contém 10 miligramas de nitrato de isoconazol.

Apresentação

Caixa contendo bisnaga com 40 g e aplicador.

Laboratório

Sanus Farmacêutica Ltda.