Antiinflamatorios



Indicações de Nimesulida

Tratamento sintomático a médio e longo prazo de doenças reumáticas crônicas, como artrite reumatóide, osteoartrite, espondilite anquilosante e doenças correlatas do tecido conectivo, tratamento de lesão musculoesquelética; dor e inflamação de pós-operatório; dismenorréia primária e anexite; Síndromes dolorosas diversas (nevralgia cérvico-braquial, cervicalgia, lombalgia, ciática, etc.).

Adjuvante no tratamento da dor e inflamação na faringo-amigdalite, sinusites e otites.

Efeitos Colaterais de Nimesulida

Dor e desconforto epigástrico, sangramento gastrointestinal ocasional, úlcera gástrica ou intestinal, dispepsia, anorexia, náusea, vômito, flatulência, constipação, diarréia. Insuficiência hepática, casos raros de hepatite, com ou sem icterícia. Pancreatite. Colite não-específica e exacerbação de colite ulcerativa. Estomatite, glossite. Reações de hipersensibilidade (erupção cutânea, urticária, rash, prurido, dermatite esfoliativa, púrpura alérgica, erupção bolhosa, eczema, broncoespasmo, angioedema, síndrome de Stevens-Johnson, epidermólise tóxica aguda). Cefaléia, tontura, vertigem, zumbido, transtornos do sono, depressão, ansiedade, distúrbios do paladar e da visão. Fotossensibilidade. Insuficiência renal, hematúria, proteinúria, nefrite intersticial, síndrome nefrótica. Alveolite, eosinofilia pulmonar. Discrasias sanguíneas. Edema, podendo precipitar insuficiência cardíaca congestiva.

Como Usar (Posologia)

Adultos: 50 miligramas a 200 miligramas VO, 2 vezes ao dia, com as refeições.

Crianças: 2,5mg a 5mg/kg VO, 2 vezes ao dia, com as refeições.

Contra-Indicações de Nimesulida

Gravidez. Lactação. Hipersensibilidade à nimesulida ou a outros anti-inflamatórios não esteroidais. Hemorragías gastrointestinais e úlcera péptica em fase ativa. Insuficiência hepática ou renal.

Precauções

Usar com cautela em pacientes com distúrbios gastrointestinais ou com antecedentes de úlcera gástrica, doença de Crohn, distúrbios hematopoiéticos, afecções hepáticas, cardíacas ou renais graves.

Associado a diuréticos ou utilizado em pacientes com depleção do volume extracelular, aumenta o risco de insuficiência renal.

Pode inibir temporariamente a agregação plaquetária.

Modo de Uso (Posologia) de Nimesulida

Adultos: 50 miligramas a 200 miligramas VO, 2 vezes ao dia, com as refeições.

Crianças: 2,5mg a 5mg/kg VO, 2 vezes ao dia, com as refeições.

Forma(s) Farmacêutica(s)

1) Comprimidos 100 miligramas (EMS, Eurofarma, Medley, Novartis ) 2) Suspensão Oral 50 mg/ml (EMS, Eurofarma, Medley, Neo Química )

Interações

Aumenta o risco de ulceração e hemorragia gastrointestinal quando associado a outros anti-inflamatórios não esteroidais e altas doses de salicilatos.

Anticoagulantes orais, heparina, pentoxifilina, ticlopidina e probenecida aumentam o risco hemorrágico.

Pode elevar o efeito/toxicidade do metotrexato, ciclosporina, digoxina, insulina, sulfoniluréias, lítio, diuréticos poupadores de potássio, aspirina e warfarina.

Reduz os efeitos de diuréticos e de anti-hipertensivos.

Laboratórios

EMS, Eurofarma, Medley, Neo Química, Novartis

Remédios da mesma Classe Terapêutica

A.a.s., Actiprofen, Algifen, Alginac, Algizolin

Remédios que contém o mesmo Princípio Ativo

Cimelide, Lidaflan, Maxsulid, Nimalgex, Nimelid

Classes

Anti-inflamatórios Antireumáticos

Princípios Ativos

Nimesulida