Antiinflamatorios



Nisalgen

Indicação

Para quê serve Nisalgen?

NISALGEN é indicado em todas as doenças que requerem atividade anti-inflamatória, analgésica ou antipirética. No tratamento de estados flogísticos dolorosos e não-dolorosos acompanhados ou não por febre, inclusive os relacionados ao aparelho osteoarticular. NISALGEN também é indicado para o tratamento de estados febris, nos processos inflamatórios e dolorosos das vias aéreas superiores, na cefaléia, mialgias, reações pós-imunização e dor pós-operatória, como, por exemplo: na amigdalectomia e (ou) adenoidectomia. NISALGEN é também de utilidade como analgésico e antipirético em diversos processos infecciosos, tais como sinusites, faringoamigdalites, otites, etc.

Farmacocinética

Como funciona este medicamento?

A nimesulida é prontamente absorvida a partir do trato gastrintestinal, alcançando o pico de concentração plasmática em 1-2 horas. Sofre metabolização hepática dando origem a metabólitos que são eliminados pelos rins, através da urina, não dando origem a fenômenos de acúmulo, mesmo após administrações repetidas e, além disso, apresenta uma boa tolerabilidade sistêmica e gastrintestinal.

Contraindicações

Quando NÃO devo usar este medicamento?

Pacientes hipersensíveis à nimesulida, ao ácido acetilsalicílico ou a outros fármacos não-esteróides; na presença de hemorragias digestivas e em pacientes com úlcera péptica em fase ativa; nas disfunções renais e hepáticas graves.

Posologia

Como usar Nisalgen?

Adultos: Comprimido: 50-100 miligramas (1/2 a 1 comprimido) duas vezes ao dia, podendo alcançar até 200 miligramas duas vezes ao dia. Granulado: 100 miligramas (1 envelope) duas vezes ao dia, podendo alcançar até 200 miligramas duas vezes ao dia. Supositório: 100 miligramas (1 supositório) duas vezes ao dia, podendo alcançar até 400 miligramas (4 supositórios) ao dia. No caso do granulado, dissolver o conteúdo de um envelope em um pouco de água. Tanto os comprimidos como o granulado devem ser ingeridos preferencialmente após as refeições. Em caso de insuficiência renal, a posologia deve ser adaptada às necessidades de cada paciente, de acordo com os valores do filtrado glomerular. Pediátrico: Suspensão oral: A dose diária é de 5 mg/kg de peso corporal, em duas tomadas iguais. Crianças de 1 a 3 anos: 2,5 ml duas vezes ao dia. Crianças de 4 a 7 anos: 5 ml duas vezes ao dia. Crianças de 8 a 10 anos: 7,5 ml duas vezes ao dia. Supositórios: Crianças de 3 a 9 anos: 1 supositório para uso pediátrico (50 mg) duas vezes ao dia. Crianças acima de 9 anos e adultos: 1 supositório para adultos (100 mg) duas vezes ao dia. Consultar o médico se a febre persistir por mais de 3 dias, ou se a dor continuar por mais de 5 dias com a utilização do medicamento. Suspensão oral gotas: Uma gota (2,5 mg) por kg de peso corporal a cada 12 horas. Sugestão: Crianças de 1 a 3 anos: 50 miligramas por dia, ou seja, 10 gotas (25 mg) a cada 12 horas. Crianças de 4 a 7 anos: 100 miligramas por dia, ou seja, 20 gotas (50 mg) a cada 12 horas. Crianças acima de 8 anos: 150 miligramas por dia, ou seja. 30 gotas (75 mg) a cada 12horas.

Efeitos Colaterais

Quais os males que este medicamento pode me causar?

Ocasionalmente podem ocorrer febre, náuseas e epigastralgia, geralmente leves e transitórias que dificilmente levam à interrupção do tratamento. Embora ainda não relatados, podem ocorrer efeitos adversos observados com outros anti-inflamatórios não-esteróides: sonolência, vertigem, ulcerações pépticas e sangramento gastrintestinal. Erupções cutâneas do tipo alérgico são de ocorrência rara.

Advertências e precauções

O que devo saber antes de usar este medicamento?

Evitar a utilização do medicamento estando em jejum; em casos de pirose, convém administrar o produto juntamente com antiácidos ou alimentos. O produto deve ser administrado com cautela a pacientes com histórico de doenças hemorrágicas, sob tratamento com substâncias de limitada tolerabilidade gástrica, portadores de afecções do trato gastrintestinal superior e a pacientes sob tratamento com anticoagulantes e outros fármacos inibidores da agregação plaquetária. Por ser a eliminação do fármaco predominantemente renal, o produto deve ter sua posologia adaptada e pacientes com insuficiência renal, O tratamento deve ser suspenso e deve-se proceder a um exame oftalmológico caso ocorram perturbações visuais.

Superdosagem

O que fazer se alguém usar uma quantidade maior do que a indicada deste medicamento?

Em caso de ingestão excessiva do medicamento, proceder imediatamente à lavagem gástrica, seguida de hidratação oral ou venosa com soro glicosado, uso de antiácido sob a forma da suspensão e um período de observação do paciente por 12 a 24 horas. se ocorrer intoxicação, pode ser necessária diurese alcalina e, se houver comprometimento da função renal, poderá ser efetuada hemodiálise.

Apresentação

Comprimido: Caixa contendo 12 comprimidos com 100 miligramas de nimesulida. Granulado: Caixa contendo 12 envelopes com 100 miligramas de nimesulida em 2 g de granulado. Suspensão oral: Caixa contendo frasco com 60 mililitros de suspensão oral a 1%. Suspensão oral gotas: Caixa contendo frasco com 15 ml de suspensão oral a 5%. Supositório: Caixas contendo 8 supositórios com 50 e 100 miligramas de nimesulida.

Interações Medicamentosas

Como outros fármacos anti-inflamatórios não-esteróides, a nimesulida pode sofrer interações com o álcool e com substâncias comprovadamente irritativas da mucosa gástrica, exacerbando os respectivos potenciais gastrolesivos; também interage com ácido acetilsalicílico, metotrexato, lítio e anticoagulantes, aumentando o risco de hemorragias gastrintestinais.

Venda

Venda sob prescrição médica.

Introdução

Nisalgen Nimesulida

Informações ao Paciente

A nimesulida é uma droga anti-inflamatória não-esteróide que também apresenta atividade analgésica e antitérmica. Seu modo de ação específico torna-o um potente anti-inflamatório para ser utilizado em todas as doenças que requerem ação anti-inflamatória. Este medicamento deve ser guardado em sua embalagem original, obedecendo às condições de armazenamento impressas na embalagem externa do produto. Prazo de validade: Observe a data da fabricação e prazo de validade impressos na embalagem externa do produto. Nenhum medicamento deve ser utilizado após o término do seu prazo de validade, pois pode ser ineficaz e prejudicial para sua saúde. Tempo de início da ação: 1-2 horas após administração oral. Informar ao médico ocorrência de gravidez na vigência do tratamento ou após o seu término. As formas orais devem ser ingeridas preferencialmente após as refeições. As suspensões devem ser agitadas antes de usar. Não interrompa o tratamento sem antes consultar seu médico. Informar ao médico o aparecimento de reações desagradáveis. Evitar ingestão concomitante com substâncias que irritam a mucosa gástrica. Contraindicações e precauções. Para os casos em que o produto é contraindicado e para as precauções que devem ser seguidas, ver Informações técnicas.

Todo medicamento deve ser mantido fora do alcance das crianças.

Não tome remédio sem o conhecimento do seu médico. Pode ser perigoso para sua saúde.

Informações Técnicas

Como outros fármacos anti-inflamatórios não-esteróides, a nimesulida possui também ação analgésica e antitérmica. Sua ação anti-inflamatória é devido à inibição da biossíntese das prostaglandinas que atuam no processo inflamatório, por bloqueio competitivo da prostaglandina sintetase, por diminuição na formação dos radicais livres, com varredura destes radicais em nível extracelular e diminuição da agregação plaquetária, causando inibição parcial da mesma. A estrutura química da nimesulida indica um mecanismo do tipo scavenger, através do qual o fármaco neutraliza a formação de radicais livres de oxigênio produzidos no nível da cascata do ácido araquidônico e liberados em grande quantidade na origem do processo inflamatório por diversos tipos de células (granulócitos, neutrófilos e macrófagos). Os mecanismos descritos são mais eficazes in vivo, o que sugere uma possível ativação biológica da nimesulida, tornando-a um fármaco de ação anti-inflamatória potente. Alguns estudos indicam ter a nimesulida melhor tolerabilidade e causar menor incidência de efeitos colaterais em comparação com outros fármacos desta classe terapêutica.

Uso Na Gravidez e Lactação

Não foram reportadas, até o momento, evidências teratogênicas e (ou) detecção no leite materno. porém o emprego do produto não é aconselhável durante os períodos de gravidez e lactação.

Atenção

Este produto é um novo medicamento e, embora as pesquisas realizadas tenham indicado eficácia e segurança quando corretamente indicado, podem ocorrer reações adversas imprevisíveis ainda não descritas ou conhecidas. Em caso de suspeita de reação adversa, o médico responsável deve ser notificado.

Composições Completa

Cada contém: Nimesulida 100 mg; excipientes (lactose, amido de milho, carboximetilcelulose sódica, talco e estearato de magnésio) q.s.p. 1 comprimido. Cada 2 gramas de granulado contêm: Nimesulida 100 mg; Excipientes (açúcar e ácido cítrico) q.s.p. 2 g. Cada 5 ml da suspensão oral contêm: Nimesulida 50 mg; excipientes (carboximetilcelulose sódica, glicerina, EDTA dissódico, sacarina sódica, benzoato de sódio, ácido cítrico, citrato de sódio e água destilada) q.s.p. 5 ml. Cada ml da suspensão oral gotas contém: Nimesulida 50 mg; Excipientes (carboximetilcelulose sódica, glicerina, EDTA dissódico, sacarina sódica, benzoato de sódio, ácido cítrico, citrato de sódio e água destilada) q.s.p. 1 ml. Cada supositório para uso pediátrico contém: Nimesulida 50 mg; Excipientes (ácido nor-di-hidroguaiarético, ácido cítrico, metilparabeno, dióxido de titânio, cera branca e manteiga de cacau) q.s.p. 1 supositório. Cada supositório para adultos contém: Nimesulida 100 mg; Excipientes (ácido nor-di-hidroguaiarético, ácido cítrico, metilparabeno, dióxido de titânio, cera branca e manteiga de cacau) q.s.p. 1 supositório.

Uso Em Pacientes Idosos

Em idosos é necessária particular atenção na administração do produto.

Laboratório

Indústria Brasileira